Como Aumentar a Performance Empresarial

Por Marcos de Araujo

Fato inegável: Bem empregada, a Tecnologia da Informação pode ajudar no aumento da performance empresarial. De forma bastante simplista, podemos dizer que os processos chaves são: Comprar, Fabricar, Vender, Distribuir, Atender e Gerir. Temos que estar sempre atentos ao melhor uso da tecnologia evitando assim investimentos que se transformam em custos para a empresa.

Comprar: Aplicações ERP e Supply Chain integram o processo de compras aos fornecedores reduzindo custos de estoque e operacionais, bem como agiliza a cadeia de suprimentos como um todo. Os riscos para a implantação mal sucedida se relacionam a resistência das pessoas para a mudança de hábito e ao compartilhamento de informações outrora consideradas estratégicas.

Fabricar: Rever processos, quebrar paradigmas, usar sempre que possível soluções de mercado em detrimento de desenvolvimento próprio, adotar um ERP/MRP e repensar os indicadores de produtividade e custo/benefício das iniciativas de automação da área produtiva são quesitos fundamentais para a evolução da qualidade e performance nesta área.

Vender: Automatizar o Marketing é imprescindível para o sucesso das campanhas que devem analisar todos os dados disponíveis sobre os clientes e o mercado de maneira consolidada em um data warehouse, permitindo uma tomada de decisão adequada, pois trata-se de um cenário analítico completo.

Distribuir: Rever todos os processos logísticos e de estocagem, baseando-se no valor agregado do produto e no tamanho da frota de veículos; trabalhar com indicadores claros de desempenho e utilizar a tecnologia para suportar tudo o que for possível, tomando cuidados com a lei. Um simples ERP não é suficiente para suportar isso e não tem como finalidade esta operação. O ideal é a alocação de uma sistema de roteirização e um de gestão de transporte.

Gerir Melhor: É importante racionalizar os processos administrativos e utilizar um ERP. Isso pode causar diferença com a concorrência, no entanto, as modificações só são sentidas no longo prazo com o aumento da agilidade e transparência da companhia. Hoje a curva aponta para uma queda nos custos envolvidos na adoção de um ERP. A terceirização também é importante e deve ser considerada sempre como uma opção, bem como o BI. O planejamento da automação da área administrativa possibilitará o uso das informações de que se precisa no momento correto para a tomada de decisão.

Atender Melhor: Uma vez que o cliente realmente vem em primeiro lugar, deve-se considerar a implantação de um CRM, mesmo com os altos custos envolvidos, porque certamente, uma vez bem implantado, este suportará decisões e evitará que o cliente vá para a concorrência porque as ações que se toma não estão de acordo com o esperado. A idéia do CRM é unificar os canais de atendimento, centralizando todas as informações sobre os clientes e assim gerar subsídios para a tomada de decisão.

Estar bem assistido por profissionais qualificados, criar um ambiente inovador e motivador, quebrar paradigmas e estabelecer as fronteiras de risco são alguns dos aspectos essenciais que os executivos devem se preocupar para a correta adoção de instrumentos tecnológicos que visem o aumento da performance empresarial. Fique atendo: a correta implantação de um processo automatizado pode ser a diferença para se alcançar a liderança de mercado.

 

Ramo de Negócios agradece Marcos de Araujo pela colaboração!

Dúvidas ou Sugestão para seu Ramo de Negócios? Entre em contato!

contato@ramodenegocios.com

1 Comment

  1. DoraTaste says: Reply

    hi!

Leave a Reply