Promovendo Engajamento em T&D

Por Mari Santos

No último artigo vimos sobre os quatro estágios de T&D, mas para que possam acontecer é preciso o engajamento de todos os envolvidos.

O primeiro passo para se obter apoio e cooperação na iniciativa de estabelecer T&D como um processo agregador de valor, é incorporá-lo a cultura da empresa, criando um clima interno favorável ao treinamento e desenvolvimento, onde novas habilidades sejam valorizadas e a inovação e a criatividade sejam incentivadas. Para promover estas mudanças é necessário criar ações de conscientização e envolvimento, começando por gestores e líderes que têm um papel fundamental na difusão de novas posturas.

O ideal é que todos os envolvidos compreendam a importância das mudanças propostas, através de ações que os levem à reflexão sobre as seguintes questões:

– Qual o seu papel na presa?

– Como o seu desempenho influencia nos resultados da empresa?

– Como os resultados da empresa influenciam suas expectativas profissionais?

– Quanto o aperfeiçoamento e o desenvolvimento de competências contribuem para um melhor desempenho e crescimento profissional?

Vale lembrar que quanto mais convictos gestores, líderes, colaboradores estiverem de que T&D é um beneficio que agrega valor e gera desenvolvimento, maior será o engajamento.

Os projetos de T&D devem ser bem estruturados, coerentes e aplicáveis à realidade da empresa e ao trabalho dos colaboradores, devem proporcionar oportunidade de os colaboradores colocarem em prática os conhecimentos adquiridos e o mais importante, devem ter constância e manutenção.

O que pode dar errado?

Promover ações, mobilizar gestores, líderes e colaboradores pode não ser uma boa ideia, se a iniciativa não for muito consistente e se os projetos não forem bem estruturados e planejados. Uma vez que não acontecem de acordo com as expectativas geradas ou são abandonados, podem causar o “efeito rebote”, se a intenção inicial era agregar valor, motivar e promover desenvolvimento, o que se tem como consequência é o contrário.

O sentimento que se instala entre os colaboradores é de desconfiança e certamente novas ações, seja quais forem, perderão credibilidade e adesão. Restabelecer uma relação de colaboração e confiança talvez custe mais do que mantê-la.

Se não houver uma área de treinamento bem estruturada, é preferível começar com ações e projetos menores, mais focados e aos poucos expandir para todas as áreas da empresa.

Finalizo aqui, agradeço pelo tempo dedicado a leitura.

Até o próximo!

 

Ramo de Negócios agradece Mari Santos pela colaboração!

Dúvidas ou Sugestão para seu Ramo de Negócios? Entre em contato!

contato@ramodenegocios.com

1 Comment

  1. I see you don’t monetize your site,i read interesting article how to earn some extra money and increase traffic using one simple method, just search in google for – Twardziel advices

Leave a Reply