Varejo – Os Pilares da Consistência – Parte 2

PIB DO VAREJO BRASILEIRO

O cálculo do PIB do varejo brasileiro é baseado no consumo final das famílias, um dos componentes do PIB do País. Sua identidade macroeconômica básica é dada por:

PIB=C+I+G+X–M
Em que:
C – Representa o consumo privado ou consumo final das famílias
I – É a totalidade de investimentos realizada no período G – Corresponde aos gastos do governo
X – É o volume de exportações
M – É o volume de importações

O consumo final das famílias diz respeito aos gastos para a aquisição de bens ou serviços. Ou seja, refere-se a tudo o que as famílias gastaram no ano, seja na compra de uma geladeira, de produtos de higiene pessoal, medicamentos, alimentação fora de casa ou materiais para construção e reforma da casa. E todos esses são produtos consumidos por meio do varejo.

Dessa forma, o consumo final das famílias é utilizado neste estudo para o cálculo do PIB do varejo brasileiro; sendo que ambos os valores são equivalentes entre si.

FATURAMENTO LÍQUIDO

Faturamento líquido da empresa é o faturamento bruto proveniente da venda de produtos e serviços e da revenda de mercadorias, mais crédito-prêmio de IPI, deduzidos dos impostos incidentes sobre as vendas, ou seja, aqueles que guardam proporcionalidade com o preço de venda (ICMS, Pis/Pasep sobre faturamento, Cofins etc.), IPI, vendas canceladas, abatimentos e descontos incondicionais.

O faturamento líquido é calculado da seguinte forma:

FATURAMENTO BRUTO

(vendas de produtos + vendas de mercadorias + prestação de serviços)

(-) DEDUÇÕES DO FATURAMENTO BRUTO (devoluções de vendas, abatimentos, impostos e contribuições incidentes sobre vendas) = FATURAMENTO LÍQUIDO

CRESCIMENTO DO FATURAMENTO

O indicador mensura a evolução do faturamento líquido da empresa em relação ao ano anterior. O cálculo é feito da seguinte forma:

Crescimento do faturamento = (faturamento líquido 2015/ faturamento líquido 2014)-1

RENTABILIDADE POR LOJA

O conceito de rentabilidade por loja é apresentado neste material para fins de análise e não representa o valor real da rentabilidade em cada loja da empresa. Ele representa o faturamento médio produzido por loja, ou seja, quão rentável é cada loja. O indicador foi calculado da seguinte forma:

Rentabilidade por loja = faturamento líquido/número de lojas

VARIAÇÃO DA RENTABILIDADE POR LOJA

A variação da rentabilidade por loja mensura quanto a rentabilidade por loja da empresa cresceu ou diminuiu de 2014 para 2015. O indicador é calculado da seguinte forma:

Variação da rentabilidade por loja = (rentabilidade por loja 2015/rentabilidade por loja 2014) -1

PRODUTIVIDADE POR FUNCIONÁRIO

O conceito de produtividade por funcionário foi desenvolvido apenas para a geração das análises e não representa o valor real da produtividade dos funcionários da companhia. Ele representa quanto cada funcionário teria gerado de faturamento para a empresa, em média. O indicador é calculado da seguinte forma:

Produtividade por funcionário = faturamento líquido/número de funcionários

VARIAÇÃO DA PRODUTIVIDADE POR

FUNCIONÁRIO

A variação da produtividade por funcionário mensura quanto a produtividade do colaborador da empresa cresceu ou diminuiu de 2014 para 2015. O indicador é calculado da seguinte forma:

Variação da produtividade por funcionário = (produtividade por funcionário 2015/produtividade por funcionário 2014) -1

 

REVISTA NOVAREJO P. 12 e 13

Salvar

Salvar

Salvar

Leave a Reply